sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Vereador Professor Galdino faz campanha ridícula para aparecer

Analisando a luta do vereador professor Galdino para impedir a exibição do filme “Lula, o Filho do Brasil” na cidade de Curitiba, o único motivo plausível é a necessidade de aparecer na mídia.
Na falta de propostas interessantes na Câmara Municipal de Curitiba, o professor Galdino apresenta uma proposta ridícula e cômica: impedir a exibição de um filme em Curitiba é ato de censura que nos remete aos tempos sombrios da ditadura militar.
O professor Galdino não foi eleito para censurar filmes, mas para legislar na Câmara Municipal de Curitiba. Não tem autoridade para impedir a exibição de um filme que antes mesmo do lançamento promete ser sucesso de público, para desespero dos setores mais reacionários da nossa coletividade.
A continuar nessa linha política os eleitores do citado vereador vão lamentar ter votado nele.

José Gil de Almeida
Presidente do Conselho Comunitário de Segurança do bairro Água Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário