domingo, 31 de julho de 2011

Paranaenses visitarão a Líbia



Uma equipe de jornalistas de diversos países (Brasil, Venezuela, Bolívia, Equador, EUA e México) embarca nos próximos dias para uma viagem à Líbia, em plena guerra de agressão dos países da Otan.
Entre os jornalistas brasileiros - um do Rio de Janeiro e um de São Paulo - irão dois paranaenses, diretores da Associação dos Jornais de Bairros de Curitiba.
A rota da viagem será mantida em sigilo para evitar ataques da Otan ou de rebeldes. Em função das grandes distâncias por regiões desérticas, a equipe deve se deslocar em helicópteros a partir de algum ponto da fronteira com o Egito.
No mês passado cinco religiosos católicos que participavam de missão de solidariedade foram mortos em Benghazi, por bombardeios de aviões da Otan, que confundiram os religiosos com apoiadores do líder Muamar Kadafi.
Os curitibanos que participarão desta viagem estarão equipados com câmeras fotográficas e filmadoras, com o objetivo de, ao regressar, realizar palestras e exposições de fotos em algumas universidades locais.
Um dos participantes de Curitiba vai propor a criação de uma agência de notícias latino-americana, independente, uma vez que a maioria das agências atuais são norte-americanas, e manipulam as notícias para influenciar a opinião pública mundial.

Na foto acima jornalistas da América Latina durante visita à Líbia em dezembro passado. Os líbios Gamal Kalifa Yasmin e Ibrahim Farhat recepcionaram os visitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário