quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Escola de samba que homenageou Lula foi punida pela imprensa


O enredo que contou a história do ex-presidente Lula, da Gaviões da Fiel, levantou o sambódromo do Anhembi, na madrugada de domingo, 19, com Sabrina Sato à frente da bateria da escola. Representando o marido, que se cura de um câncer na laringe, Dona Marisa Letícia desfilou ao lado de Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians. O ator Fábio Assunção e o senador Eduardo Suplicy também foram destaques da agremiação.
Embora aclamada pelo público, a escola Gaviões da Fiel não venceu o carnaval paulista possivelmente por causa da punição da chamada grande imprensa. A Rede Globo, trazendo à reboque – no desfile dos “mercenários da mídia” – a maioria dos grandes jornais e revistas para criticar a decisão da escola paulista em homenagear o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva.
Para a elite mafiosa do Brasil, aquela que enriqueceu fazendo negócios escusos com governos do PDS, DEM e PSDB, homenagear um retirante nordestino que chegou a Presidente da República é inaceitável, ainda mais quando esse “pau-de-arara” se destaca em todo o mundo como um presidente competente, humanista, honrado e responsável.
A Gaviões da Fiel é, sim, a grande vencedora do carnaval paulista de 2012, na opinião do público e da maioria do povo brasileiro, que não acredita nas pesquisas manipuladas pela mídia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário