sexta-feira, 15 de junho de 2012

Claudio Edinger lança livro sobre sertão baiano, dia 23, em Curitiba


O livro “De bom Jesus a Milagres” é o 13º lançado pelo artista que já teve suas obras publicadas em veículos como o The New York Times, Time e El País. O lançamento ocorre durante a palestra “Capturando o invisível – o trabalho autoral na fotografia”, no dia 23, às 9h30, no auditório Positivo da Itupava, nas atividades de comemoração dos 20 anos do Omicron Centro de Fotografia
O renomado fotógrafo brasileiro, Claudio Edinger, lança seu novo livro “De Bom Jesus a Milagres”, obra produzida a partir de seu trabalho no sertão baiano. O livro de fotografias, com 176 páginas, será lançado no dia 23 durante a palestra “Capturando o invisível – o trabalho autoral na fotografia”, no 1º Stop Fotográfico promovido pelo Omicron Centro de Fotografia em comemoração aos seus 20 anos.
Para Edinger, o fotógrafo descobre imagens impossíveis de se ver a olho nu. “Este é o nosso papel na engrenagem do mundo, mostrar o que não existe, registrar o oculto o irreal”, afirma.
Na introdução do livro, Claudio Edinger afirma que o fotógrafo é o alquimista que transforma oxigênio em imagens e a fotografia é “ao mesmo tempo, um instrumento do conhecimento e uma viagem ao desconhecido, ao mistério – mas que deixa pistas, provoca reflexão, excita a imaginação”.
Este é o 13º livro de um fotógrafo que já teve suas fotos publicadas em importantes veículos de comunicação, como The New York Times, Time e El País. Além disso, Edinger já teve sua obra exposta no ICP New York, Pompidou Center, na França, Phogrhapher’s Gallery (Inglaterra), Museu da Arte de São Paulo, entre outros.
Entre os prêmios recebidos por Claudio Edinger, estão: Leica Medal of Excellence, The Ernst Hass Award, Pictures of the Year Award e Higashikawa. Ele já foi condecorado por duas vezes com o prêmio Porto Seguro (2007 e 2010).
Stop Fotográfico – A palestra “Capturando o invisível – o trabalho autoral na fotografia” será realizada no sábado, dia 23, às 9h30, no auditório Positivo, na Rua Itupava. No mesmo dia, Edinger também participará da Leitura de Portfólio na categoria documental.
Nessa atividade, realizada no sábado e domingo à tarde, os participantes poderão apresentar seus trabalhos para que os avaliadores deem dicas sobre quais caminhos os alunos poderão seguir para se aperfeiçoar profissionalmente. Além da categoria documental, os trabalhos serão avaliados nas seguintes áreas: fotojornalismo (Alexandre Mazzo), casamento (Ana Vanin) e natureza (Zig Koch)
O 1º Stop Fotográfico terá início na sexta-feira (22), com a Festa de 20 anos, no Armazém Tavares. No domingo, o evento continua com a Experiência Fotográfica – onde os alunos serão orientados na prática sobre o trabalho profissional na área de foto documental e book para gestante.
Essas duas atividades acontecem na Feira do Largo da Ordem e no Jardim Botânico e serão ministradas, respectivamente, pelo fotógrafo Osvaldo Santos Lima e pelos profissionais Anderson e Marina, proprietários da Meliess Fotografia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário