segunda-feira, 22 de julho de 2013

CONFERÊNCIA HOJE: A POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM

CONVITE WEBCONFERÊNCIA

A POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM E SUAS INTERFACES AO ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA – PNAISH

SAÚDE INTEGRAL DO HOMEM:” CULTIVE PAZ E NÃO INTERROMPA O CICLO DE VIDA”

OBSERVAÇÃO: Esta Webconferência terá o diferencial de poder ser acompanhada além do método tradicional pela internet a opção de ser assistida através dos equipamentos de videoconferência das Regionais de Saúde da SESA. (Para quem optar por assistir por videoconferência terá que se deslocar até o equipamento de sua Regional, quem for assitir por webconferência não altera em nada o processo bastando apenas acesse o site da ESPP pela internet e clique no banner a direita que contem o nome do evento no dia para assistir. Atenção Teste o seu computador antes do evento.)

DATA:22/07/2013
HORÁRIO: 14H00–17H00

ÓRGÃO PROMOTOR:
Secretaria de Estado da Saúde do Paraná - SESA-DEAP/SAS/DASH
Superintendência de Ação em Saúde/Deptº de Atenção Primaria. Divisão de Atenção à Saúde do Homem com Apoio VigiDants e pareceria da Escola de Saúde Pública do Paraná - ESPP.

PÚBLICO-ALVO:
Profissionais de Saúde, Equipes Saúde da família, NASF, Entidades com trabalho voltado prevenção violência, Conselhos Municipais de Saúde, Ass. Social, Regionais de Saúde Regionais de Saúde Estaduais e Municípios, Hospitais, Setores de Educação, Segurança Pública, Defensorias Públicas (OAB, MP) , Sociedade civil organizada, terceiro setor, sindicatos e demais interessados.

APRESENTAÇÃO
Após um estudo de 250 especialistas (2008), a Saúde do Homem é posta em questão pelo SUS. No Pacto pela Vida emerge enquanto pactuação tripartite. Na sequência, também o Ministério da Saúde, lança sob a forma de Política, os princípios e diretrizes da Atenção Integral à Saúde do Homem (port. 1944/GM, 27 de Agosto de 2009). Do estudo mencionado, a constatação da gravidade no que implica o auto cuidado com a saúde pela população masculina. Embasados na epidemiologia,apontam os estudiosos que de cada 3 mortes na faixa entre 20 e 59 anos de idade, duas mortes são de homens.Quando esta faixa estreita-se entre 20 e 30 anos, de cada 5 mortes, quatro são de homens.Também, que os homens vivem em média, 7,5 (sete anos e meio) menos que as mulheres.Além da baixa adesão ao serviços de Saúde, um predomínio absolutamente avassalador no que implica o envolvimento nas diferentes formas de violência.. A violência é um problema social de grande dimensão que afeta toda sociedade atingindo, especialmente, e de forma continuada, mulheres, crianças, adolescente, pessoas idosas e portadores de deficiência.Como suporte ao enfrentamento, as diferentes leis e estatutos em vigor no Brasil: ECA-Estatuto da Criança e do Idoso, Lei Maria Da Penha, Estatuto da Igualdade racial, entre tantos outros.Estão os homens envolvidos na imensa maioria dos atos de violência que se manifestam, entre outras formas, nos seguintes modos:estrutural, que ocorre pela desigualdade social e é naturalizada nas expressões de pobreza, da miséria e da discriminação; interpessoal que se refere nas relações cotidianas; e institucional, que se reflete na aplicação ou gestão das políticas sociais.Pela gravidade do fenômeno e sua ocorrência diuturna, é senso comum que a violência, assume proporções epidêmicas. No Paraná, propõe a SESA, um AGOSTO AZUL (lei 17099), que traga à reflexão sobre os possíveis formas de trabalho e enfretamento ao fenômeno difuso da violência masculina.

OBJETIVOS:
Com esta WEB, pretende-se estabelecer uma reflexão sobre a política de Atenção à Saúde do Homem, sua relação transversal com demais políticas, programas, ações de governo e sua interface ao enfrentamento da violência de gênero.Também uma discussão pelo viés intersetorial, sob as emergentes manifestações da sociedade frente à crescente onda de violência.

PROGRAMAÇÃO:

HORÁRIO
DEBATEDOR
SETOR
14h00 às 14h15
Atenção Primaria
Rubens Bendlin
Abertura dos trabalhos/Coordenação da Mesa
14h15 às 14h30
Marcos Serafim Furtado
VIGIDANT/SESA-Pr
14h30 às 15h30
Eduardo Chakora
Coord. PNAISH/MS
Atenção Integral à Saúde do Homem, eixos de Trabalho no MS/SUS
15h30 às 16h00
Depoimentos Convidados
Sociedade Civil, Terceiro Setor, Segurança Pública
16h00 às 17h00
Debates/
Encerramento
Canal Aberto de discussão

EVITE PROBLEMAS: UM DIA ANTES DA TRANSMISSÃO ACESSE O SITE E TESTE O SEU COMPUTADOR!
(CLIQUE NO BANNER NO LADO DIREITO DA TELA ONDE DIZ: “TESTE SEU COMPUTADOR PARA AS WEBCONFERÊNCIAS” NO SITE DA ESPP.)
AS WEBCONFERÊNCIAS PODERÃO SER ASSISTIDAS AO VIVO OU BAIXADAS DEPOIS DE SUA EXIBIÇÃO AO VIVO NO SITE DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO PARANÁ.
TODOS PODERÃO ASSISTIR A ESTE EVENTO E ENVIAR SUAS MENSAGENS/PERGUNTAS VIA CHAT E SERÃO LIDAS AO VIVO
PARA ACESSAR A WEBCONFERÊNCIA ACESSO NO DIA DO EVENTO O SITE: www.escoladesaude.pr.gov.br
CLIQUE NO BANNER A DIREITA QUE CONTEM O NOME DO EVENTO.
DÚVIDAS: ACESSE O SITE DA ESCOLA DE SAÚDE 3342-2293 RAMAL 211
ENDEREÇO DA ESPP: TRAVESSA F. DA RUA JOSÉ VERÍSSIMO S/Nº TARUMÃ, CURITIBA/PR

Nenhum comentário:

Postar um comentário