quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Coordenação da Copa participa de reunião do COL/FIFA



O Comitê Organizador da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (COL) realizou, nesta terça-feira (28), uma reunião geral de acompanhamento das sedes da Copa do Mundo. O encontro aconteceu na sede da entidade, no RioCentro, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

A comitiva paranaense esteve presente no evento, com a participação do coordenador-geral da Copa do Mundo 2014 no Paraná, Mario Celso Cunha, representantes da prefeitura municipal Rafael Mueller e Susana Lins Costa, pelo Clube Atlético Paranaense o arquiteto Carlos Arcos, além da equipe do COL/FIFA que tem base na sede de Curitiba, Mark Pinheiro, João Caetano e Fábio Carvalho.
Foram tratados temos como Equipamentos Temporários, TI, Hospitalidade, Telecomunicações, Broadcast, Alimentação, Transporte, Marketing, Ingressos, Decoração das Sedes, Fan Fest e CATV.
Conforme Roberto Siviero, responsável por estádios brasileiros para a Copa 2014, “estamos vivendo um momento de ansiedade e nervosismo para que tudo seja transformado em alegria e satisfação, com a entrega dos estádios como aconteceu na Copa das Confederações”. “O trabalho está sendo feito, com a dificuldade da maneira como o Brasil é organizado politicamente, mas o que nos dá mais segurança é o fato de ter muita gente qualificada atuando”, completou Siviero.
Segundo Flávio Goulart, de TI, em Curitiba as áreas técnicas e cabeamentos não estão completos de acordo com os requisitos FIFA. “Precisamos agilizar este setor de TI na Arena/CAP, principalmente no quesito energia elétrica”, disse Goulart.
Na questão dos equipamentos complementares, a sede de Curitiba foi muito elogiada, pois já está com o projeto pronto há meses, e no dia 07 de fevereiro pretende fazer a publicação, e no dia 24 de fevereiro realizar o pregão, com conclusão prevista para o dia 23 de março de 2014. “Toda a estrutura da Praça Afonso Botelho está preparada para receber os equipamentos e o material necessário para um grande evento”, afirmou a engenheira do Ippuc, Susana Lins Costa.
O representante do COL/FIFA na área de transporte, Carlos Gainete, abordou questões dos estacionamentos na Arena e nas áreas externas, lembrando que cerca de 140 veículos da FIFA deverão estar credenciados para o estacionamento no estádio, o que irá implicar em controle veicular e segurança. “É possível que parte desta frota já chegará no estádio com a ‘varredura’ necessária”, disse Gainete. Ele informou ainda que os carros chegarão em todas as sedes a partir do dia 16 de maio e as garagens deverão estar montadas e revisadas. No quesito transporte, Salvador ficou no sinal amarelo e Natal com o vermelho. A sede de Curitiba, a exemplo das demais, recebeu o sinal verde.
Um assunto dominante na reunião foi o tratamento que deve ser dado aos jornalistas, considerando que eles divulgarão a imagem da Copa para o mundo. O diretor do COL/FIFA na área de Broadcast, Jeff Coleman, lembrou da importância deste setor, “estaremos gerando imagens para mais de 250 países e o local deve estar protegido com segurança e qualidade técnica”. Segundo a prefeitura de Curitiba, através do superintendente da secopa municipal Rafael Mueller, “já estamos preparando o local junto à Rua Madre Maria dos Anjos e vamos contar com dois tipos de cabeamento: aéreo e subterrâneo”.
O sistema de distribuição do sinal da CATV será dividido em dois: um deles terá a distribuição de baixa latência para as áreas de imprensa e TV em dias de jogos, envolvendo Tribuna de Mídia, com sistema digital, Estúdios de Apresentação, Estúdios de Televisão e Completo de Televisão. O outro é um amplo sistema de distribuição para todo o estádio e áreas complementares, todos os dias, incluindo: Transmissão dos jogos ao vivo, Programa de Informação, envolvendo Mídia, TV, Estádio e FIFA News. Envolve também Estações de TV locais, com locações remotas via antena/cabo e TBC pela FIFA Marketing.
“A FIFA contratou uma empresa internacional, a Incast, para centralizar as operações e fornecer todos os equipamentos especializados para a produção e distribuição em HD (alta definição), envolvendo codificadores, moduladores e divisores”, afirmou Alexandra, do COL, que deu uma boa notícia afirmando que a FIFA vai fornecer alguns elementos para o sistema CATV em todos os estádios. São equipamentos, geração do sistema e sinais, provocando uma redução de gastos da sede em torno de 1 a 2 milhões de reais.
Segundo Roberto Siviero, o secretário-geral da FIFA Jérôme Valcke virá todos os meses ao Brasil para acompanhar o andamento das obras. No caso de Curitiba, a data acertada para a avaliação é 18 de fevereiro de 2014, quando o responsável da FIFA por estádios, Charles Botta, dará a palavra final, em comum acordo com Valcke. Outra informação é que o engenheiro Charles Botta acompanhará os trabalhos do Comitê Gestor das Obras na Arena Curitiba a partir do dia 06 de fevereiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário