quarta-feira, 23 de abril de 2014

Chanceler sueco aos "jornalistas": Grig-ah, bandolo, tchaka - chita, espelhos e colares para vocês


O chanceler sueco Carl Bildt está no Brasil para participar de um encontro sobre a internet.

Como é típico dos chanceleres suecos, falou um monte de bobagem que, lamentavelmente, seus entrevistadores não souberam reagir a altura.

Atacou Dilma e Putin. Putin porque “anexou” a Crimeia. Dilma porque não protestou contra a anexação.

Enfim, tratou os jornalistas como tolos.

E eles perderam a oportunidade de questiona-lo sobre as invasões e ocupações de países soberanos.

Que seus patrões, os EUA, sempre se lixaram para a autodeterminação dos povos e para os protocolos de Kioto.

Nada disse sobre isso e nem lhe foi perguntado.

Não posso afirmar se ele presenteou a mídia da Casa Grande com alguns agrados.

Mas isso não é difícil de saber.

Basta observar os “jornalistas” para ver se eles não andam com colares no pescoço e espelhinhos nos bolsos.

Reparei aqui, da minha janela, um navio sueco entrando no porto.

O que me leva a crer que seus porões estão abarrotados de bugigangas, principalmente colares e espelhos para presentear as elites da Casa Grande e seus porta-vozes.

Pobres vira-latas.

Georges Bourdoukhan

Nenhum comentário:

Postar um comentário