sexta-feira, 30 de maio de 2014

Coordenação geral da Copa no Paraná vistoria Arena CAP


Uma equipe da Coordenação Geral da Copa no Paraná, com a presença do coordenador Mario Celso Cunha, esteve nesta sexta-feira (30), na Arena do Clube Atlético Paranaense, verificando os pontos de avanço e os trabalhos finais que estão sendo realizados pela integradora GoGo e pela Fifa.

“O que vimos foi um estádio praticamente pronto, faltando os equipamentos que a Fifa já está colocando”, disse Mario Celso Cunha. “Toda a operação, desde o dia 22 de maio, está sendo realizada pela Fifa, em parceria com o Atlético Paranaense. A segurança do estádio já tem o controle da Fifa e todos que entrarem na Arena devem ter a credencial da entidade”, lembrou o coordenador estadual da Copa.
Neste domingo a Fifa prepara a chegada do sul-coreano Man Gil Shin, coordenador-geral Fifa para o estádio do Atlético Paranaense. A partir da próxima segunda-feira (02) ele estará organizando todo o trabalho. Uma espécie de prefeito da Arena. “Até o dia 06 de junho o compartilhamento ainda existirá, mas a partir desta data, somente a Fifa administrará o estádio”, informou Cunha.
O Centro de Mídia, uma área de 3 mil m², já está recebendo os mobiliários e equipamentos de tecnologia da informação. Os equipamentos de luzes artificiais para o gramado já estão sendo utilizados diariamente e os cinco postos de saúde estão sendo mobiliados e contarão com o apoio da empresa Ecco Salva, contratada pela Fifa.
Todas as 42 mil cadeiras estão instaladas, são 35 camarotes, 04 vestiários, 155 banheiros, 18 elevadores, 12 escadas de acesso, 95 catracas, 2 telões LED de 77 m² cada, 180 câmeras de segurança, 308 refletores, 52 lanchonetes e lojas, 17 lojas externas, área VIP e VVIP, salas de pronto atendimento médico, segurança e controle.

Central de Credenciamento para moradores da região

A equipe da coordenação geral da Copa esteve também na Praça Ouvidor Pardinho, no bairro Água Verde, onde está sendo realizado o credenciamento dos moradores da região. São imóveis residenciais e empresas que estão dentro do polígono no entorno do estádio da Arena.
Segundo o coordenador-geral Mario Celso Cunha, “52 mil pessoas já foram cadastradas, sendo que 32 mil já foram receber o credenciamento. São 20 mil imóveis cadastrados oficialmente”.
O trabalho está sendo feito pelo Exército Brasileiro, em apoio à Prefeitura Municipal de Curitiba. Hoje os militares estão trabalhando com 08 guichês, cadastrando somente quem está dentro do perímetro delimitado. “Não vamos mais cadastrar pessoas que estão fora deste polígono. Inclusive os cadastrados que estão fora deste perímetro não terão as credenciais entregues”, afirmou o subtenente do Exército, Pizziolo.
Os militares estão visitando as ruas do perímetro, identificando aqueles que ainda não se cadastraram e também verificando o número real dos solicitantes de credenciamento. O trabalho seguirá até o dia 25 de junho, quando este setor será desmobilizado.

quinta-feira, 29 de maio de 2014

DICAS DE MODA E DIVERSIDADE CULTURAL POR ELIS BRASIL


TENDÊNCIA EM BLUSAS DE TRICÔ PARA INVERNO 2014:
O assunto da vez é a blusa de lã. O tricô é uma técnica de artesanato onde são unidos fios de lã com agulhas especiais, que formam um desenho bem organizado, dando origem a um pano. Que formam lindas peças de roupa, como blusas, saias e cachecóis. Com as variedades de modelos em blusas de tricô para este inverno, a tendência esta deixando as mulheres tranqüilas para escolher a da sua preferência, que combinem com o seu look.
As mais requisitadas são as que são feitas de modo artesanal, as que são estampadas hoje com a modernidade da estampa digital, as metalizadas com modelos luxuosos e modernos, as com detalhes em renda e todo seu romantismo, e as com pontos vazados que trazem versatilidade e moderad transparência, que para este inverno promete fazer maior sucesso.
Podem-se fazer excelentes combinações, principalmente com calças jeans, que é muito usado. Também há combinações com calças montaria,sempre com muito conforto e usualidade. E o look que mais chama a atenção é a blusa de lã com uma mini saia de couro, um dos queridinhos da estação, usando com as meias fio 40 e 150, que aquecem e trazem feminilidade ao look. Para qualquer tipo de ocasião, as blusas de tricô são habituais e versáteis, prometendo dar grande visual nas mulheres de qualquer idade,em um estilo confortável neste inverno.

*DICA DA VEZ:
TRICÔ METALIZADO: As peças de roupas em tricô já se tornaram um clássico da moda inverno, sendo que quando lembramos do tricô pensamos em modelagens bem clássicas e básicas. Mas como a moda sempre vem se renovando, a tendência do metalizado entra agora também nas modelagens de roupas de tricô. O conhecido tricô metalizado, continua sendo uma forte tendência para a moda inverno 2014. As diversas modelagens de roupas em tricô metalizado, as vezes trazem o metalizado no próprio fio, outros são fabricados com o fio normal de tricô e passam por um banho de tinta metálica deixando a peça super moderna e elegante. As cores mais vistas nos tricôs metalizados são o dourado, prata e o bronze, para dar um toque de glamour no visual. Como outras peças metalizadas que estão em alta na moda, o tricô metalizado pode ser usado durante o dia, já que em comparação com as outras peças metalizdas, o tricô é mais discreto e pode ser usado tanto durante o dia como a noite, aposte em peças com esta modelagem que com certeza você irá brilhar aonde quer que for.

*COMO USAR:
TRICÔ VAZADO: O tricô vazado nada mais é que o nosso velho e conhecido tricô com a trama mais aberta deixando o look com uma certa transparência (outra tendência). O melhor é que no verão você pode usar só com um top, e no inverno com uma blusinha de manga comprida, super versátil. Os tricôs furadinhos de tramas semiabertas é a cara da estação e perfeito para deixar os looks mais decolados. De modelagem alongada e shape acinturado, leva manga ¾, decote canoa e barrado seguindo o desenho da trama da peça.E em algumas peças o mulet se apresenta diferenciando o modelo. Ideal para usar com regata ou básica de malha manga longa de sobreposição. Invista nos short jeans para uma produção alegre e descontraída.

*CENÁRIO CULTURAL: NATUREZA CONSTRUÍDA.
Exposição dos artistas do Ateliê de Escultura do Centro de Criatividade.
A natureza é orgânica até mesmo na pedra. Nada está desambientado. O universo possui uma tênue linha que o sustenta, uma rede silenciosa. Constante movimento, que arranja e desarranja a realidade dos humanos.
Escultores profissionais, iniciantes e frequentadores apresentarão, com Elvo Benito Damo, instalações com materiais orgânicos integrados com formas de animais em grandes dimensões, oferecendo ao público a oportunidade de interação com as esculturas. A curadoria é de Pedro Moreira

Artistas do Atelier de Esculturas participantes: Beth Jabur, Natalia Lara, Angela Komnitski, Juceli Palu, Walmir Weber, Angela Gee, Alan González Groth, Viviane Flores Goldoni, Ivan Anzuategui.
Ingresso: gratuito
Data(s): 12/05/2014 a 01/06/2014 - 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feira, sábado e domingo
Horário(s): 2ª a 6ª feira, 9h às 21h sábado e domingo, 9h às 12h e 13h às 16h
Local: Centro de Criatividade de Curitiba – CCC (Rua Mateus Leme, 4.700 – Parque São Lourenço).
Para muitos o inverno é a melhor época do ano. Eles alegam que é a estação mais elegante e bem vestida do ano, pois as roupas de inverno são mais sofisticadas. As passarelas têm dedicado cada vez mais seu tempo criando modelos de roupas de inverno com diversos tecidos, como a lã. Então amiga leitora, aproveite essas dicas de algumas das tendências de tricô para o Inverno 2014 . Você faz seu estilo, as tendências, são para se adaptar a ele !
E lembre-se, você pode participar, deixando sua dica, sobre assuntos dentro do universo da moda, a serem abordados nesta coluna. No facebook ELIS BRASIL Moda e Diversidade Cultural, ou e-mail: elisbrasil_loja@hotmail.com. Obrigado por sua atenção e até a próxima edição. ELIS BRASIL.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Reunião confirma alinhamento e estrutura de trabalhos de comunicação para a Copa no PR


Sob o comando do coordenador de Imprensa da secretaria de Comunicação do Governo do Paraná, Silvio Lohmann, e da coordenadora do Núcleo de Comunicação da secretaria de Segurança, Luciana Cristo, foi realizada uma reunião na manhã desta terça-feira (27), na Sala de Gestão da Celepar. O encontro reuniu jornalistas e assessores de imprensa e comunicação dos principais órgãos envolvidos com os processos de divulgação e atendimento aos veículos de comunicação no período da Copa do Mundo no Paraná. Um dos principais temas foi para estabelecer o fluxo de comunicação durante o Mundial de futebol.

Silvio Lohmann apresentou detalhes da programação estabelecida pela secretaria de Comunicação, acentuando que face às diferenças de fuso horário entre vários países que atuarão em Curitiba, haverá um plantão 24 horas para melhor atendimento à Imprensa estrangeira. Ele informou ainda que o Governo do Paraná terá jornalistas nos principais locais de interesse da Copa (Arena, Fan Fest, hotéis oficiais da FIFA, Centros de Treinamento, Centro de Mídia e em Foz do Iguaçu) para uma cobertura ampla dos fatos e notícias. Silvio sublinhou ainda que o coordenador geral da Copa do Mundo no Paraná, Mario Celso Cunha, será o principal porta voz do governo do estado durante a Copa do Mundo. Ele disse que o secretário de Segurança Leon Grupenmacher fará este papel quando os assuntos forem técnicos e especialmente ligados à pasta de Segurança Pública.

Já o delegado da Polícia Federal Flúvio Garcia, presidente da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos (Coesge/PR), lembrou que “a missão do Centro Integrado de Comando e Controle Regional [CICCR] será exclusiva para a segurança de assuntos ligados à Copa, conforme determinação do Ministério da Justiça”. E explicou; “o que nos chegar relativo à Copa será da nossa competência. Os assuntos do dia-a-dia serão repassados para os departamentos responsáveis”.

A assessora de Relações Institucionais da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, órgão do Ministério da Justiça, Fernanda Monteiro Hecktheuer, comentou que “assuntos de repercussão internacional serão tratados de forma especial”. Fernanda frisou também que “em cada estado será feita uma triagem e um filtro das solicitações de entrevistas pela grande mídia, com todos estes possíveis temas passando pelo CICCR para análise e posicionamento das assessorias de comunicação”. A assessora teceu muitos elogios ao trabalho dos paranaenses. “Vocês são uma referência às demais sedes da Copa 2014”, ressaltou.

“Estamos integrados e trabalhando em perfeita harmonia com os órgãos federais, estaduais e municipais”, fez questão de comentar o tenente-coronel Vandeilson de Oliveira, que atua na Força Aérea e que representou o CDA (Coordenadoria de Defesa de Área), vinculada ao Ministério da Defesa.

Segundo o representante da coordenação geral da Copa no Paraná, jornalista Paulo Mosimann, “estaremos atuando com todos os meios necessários para um bom atendimento aos órgãos de imprensa nacional e internacional”. “Inclusive o site da coordenação geral é atualizado diariamente, com conteúdos e informações gerais sobre o Mundial”, concluiu Mosimann.

Estiveram presentes na reunião, representantes do Ministério da Justiça, da Defesa, Polícia Militar do Paraná, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Civil do Paraná, Polícia Rodoviária Federal, das secretarias estaduais de Comunicação, Segurança, Desenvolvimento Social e da Saúde, da Coordenadoria da Copa, além da Prefeitura Municipal de Curitiba.

Fotos: Osvaldo Ribeiro

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Lançado livro sobre a trajetória do Ministro Milton Luiz Pereira na Justiça Federal


Aconteceu na última segunda-feira o evento de lançamento do livro“Milton Luiz Pereira – Narrativas de uma trajetória exemplar”. Sediado na Justiça Federal, o evento de lançamento contou com a presença dos autores da obra, além de servidores da justiça Federal e autoridades paranaenses.
As homenagens foram feitas pelo presidente do foro da Seção Judiciária do Paraná, Nivaldo Brunoni; pelo presidente da Apajufe, Anderson Furlan; pelo ex-presidente da Apajufe e um dos idealizadores da obra, Antônio César Bocheneck; pelo desembargador federal Munir Karam, e pelo filho do dr. Milton Pereira Marcus Vinícius Tadeu Pereira, que a todos emocionou com o discurso de homenagem ao seu pai.
No local foram expostos objetos que pertenciam ao magistrado, e que hoje pertencem à sala da memória da Justiça Federal do Paraná, como sua toga, pasta, mesa e cadeira de trabalho, dentre inúmeras placas de homenagem e a sua primeira sentença, escrita a mão.
A realização da obra
Por motivo da homenagem, as instituições elaboraram, há cerca de um ano, um edital de chamada das Narrativas em Homenagem ao Ministro Milton Luiz Pereira, para que toda a sociedade pudesse colaborar com histórias do ministro. O resultado disso foi uma vida repleta de momentos inusitados, emocionantes e inspiradores, contada por meio de narrativas e depoimentos enviados e posteriormente submetidos a avaliação de uma comissão.

"Requião sempre matou candidaturas do PMDB"


O ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) respondeu nas redes sociais aos usuários que o questionaram por não apoiar a pré-candidatura do senador Roberto Requião (PMDB) ao Governo do Paraná. "Requião destruiu pelo menos duas gerações de peemedebistas, matando no ovo qualquer sinal de talento e independência. O Requião sempre foi assim. Sempre matou candidaturas de companheiros do PMDB", disse Pessuti.

"Foi assim em 1994 quando não deixou o Elias Abrahão ser candidato a governador. Foi assim em 2004, quando não deixou o Gustavo Fruet ser candidato a prefeito de Curitiba. Foi assim em 2010, quando não deixou que eu fosse candidato a governador. Foi assim em tantos municípios onde impediu candidaturas do PMDB ou apoiou candidatos de outros partidos quando o PMDB tinha candidato próprio", lembrou Pessuti.

domingo, 25 de maio de 2014

Polícia prende secretária de Zeca Dirceu por fraude na Caixa Econômica Federal


Ontem, duas mulheres foram presas em flagrante pela Polícia Civil em Umuarama. Ambas são suspeitas de aplicar golpe de R$ 30 mil na Caixa Econômica Federal. O crime será investigado pela Polícia Federal. Uma delas, Lucy Mary Silvestre Esteves, é secretária parlamentar do deputado Zeca Dirceu (PT-PR) e trabalha como recepcionista no escritório político do deputado em Umuarama.
Lucy está nomeada na Câmara dos Deputados, por Zeca Dirceu, desde abril de 2013 e seus vencimentos não chegam a R$ 1 mil. À Polícia, a assessora de Zeca Dirceu disse que não é a primeira vez que pratica esse tipo de golpe. Lucy e sua filha, também envolvida no esquema, foram transferida para a delegacia da PF na cidade de Guaíra.
Não é o primeiro assessor de Zeca Dirceu que se envolve com problemas na Justiça. Semanas atrás, seu coordenador político, José Cícero Laurentino, ficou preso por várias dias por atrasar pagamentos de pensão alimentícia.
No caso da fraude na Caixa, Lucy e sua filha são acusadas de falsificar um alvará que permitia sacar R$ 30 mil de uma conta judiciária na Caixa Econômica de Umuarama. Lucy fez três transferências: uma delas para conta da filha, que é funcionária do Fórum de Alto Piquiri. A suspeita é de que a filha de Lucy facilitou os acessos à assinatura do juiz para falsificá-la e também repassado informações sigilosas acerca de valores disponíveis na conta.
Depois que o juiz negou ter assinado o documento, a gerência da agência entrou em contato com a Polícia Civil, que prendeu Lucy quando saía do banco. Além do dinheiro disposto nas três contas havia uma quantia em espécie em poder da falsária. Após a prisão dela, a filha da detida foi checar o que havia acontecido com a mãe e também foi presa em flagrante.
Informalmente, Lucy disse aos policiais civis que já havia aplicado o golpe noutras vezes, no entanto, desta vez, a fraude foi percebida e as transferências suspensas pela Caixa. A dupla foi encaminhada para a Polícia Federal, que a partir de agora assume as investigações devido ao envolvimento com o banco.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Foz do Iguaçu vive dias de operações militares para a Copa 2014


Uma reunião realizada nesta terça-feira (20) em Foz do Iguaçu, no auditório do 34º Batalhão do Exército, estabeleceu um cronograma de ações que serão desenvolvidas na tríplice fronteira, unindo forças da Segurança Pública e Defesa.

Coordenada pelo general de Exército Altair José Pousin a reunião contou com a presença do coordenador geral da Copa do Mundo da FIFA 2014 no Paraná, Mario Celso Cunha, da vice-prefeita de Foz do Iguaçu Ivone Barofaldi da Silva, do representante da área de Segurança do Comitê Organizador Local (COL/FIFA), coronel César Souza, do comandante do 34º Batalhão de Infantaria Mecanizado, tenente-coronel Messias Coelho Freitas, do representante da Coordenação de Defesa de Área (CDA), coronel de infantaria da FAB Marcelo Rosa Costa, além de autoridades da Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Infraero, hotel Bourbon, Samu, Polícia Rodoviária Federal, Detran, Exército, Aeronáutica e Marinha.
Após a reunião as autoridades fizeram uma visita de reconhecimento nas dependências do hotel Bourbon de Foz do Iguaçu, no Centro de Treinamento do Flamengo Esporte Clube, estádio Pedro Basso, onde a seleção da Coréia do Sul ficará concentrada, além de setores estratégicos como locais de energia elétrica, saneamento e hospitais.
Ficou decidido que nos próximos dias uma grande operação militar será colocada em prática na cidade, com simulações de acidentes com múltiplas vítimas, atendimentos de emergência e rotas protocolares. No dia 30 de maio, uma sexta-feira, a ação será repetida. Outra grande operação está reservada para os dias 9, 10 e 11 de junho, visando à preparação da chegada da delegação da Coréia do Sul em Foz do Iguaçu. A comitiva coreana chegará pelo aeroporto de São Paulo, onde passa pela alfândega e desembarca em Foz no dia 11 de junho.
“Além da execução do planejamento operacional, estamos criando um Gabinete de Gestão de Crise que possa dar uma pronta resposta em caso de necessidade”, falou o general Pousin.
Segundo o coordenador geral da Copa, “estamos numa descida sem freios, faltando pouco mais de vinte dias para a Copa, o que significa que estamos numa fase de execução do planejamento”. “É só colocar em prática o que foi definido pelos protocolos”, disse Cunha.
O representante do setor de Segurança do COL/FIFA, coronel César Souza lembrou que “durante o período exclusivo da Copa vamos atuar com os stewards, que são seguranças privados”. “Em Foz do Iguaçu estaremos assumindo posições no hotel, CTs e onde for preciso. Não vejo nenhum problema na segurança do hotel onde ficará a delegação da Coréia do Sul e concentramos nossos esforços no Centro de Treinamento, que vai exigir uma atenção especial de nossa área”, afirmou Souza.
O coronel Fernando Lourenço da Silva, chefe do Estado-Maior da 5ª Divisão de Exército, lembrou que pela tríplice fronteira deverão passar milhares de turistas, via terrestre. “Estaremos acompanhando os deslocamentos dos torcedores e turistas. Afinal, argentinos, paraguaios e chilenos passarão por Foz do Iguaçu em direção aos estádios da Copa do Mundo”, ressaltou Lourenço. A informação é que somente do Chile passarão pela fronteira cerca de 800 ônibus fretados.
Conforme o secretário municipal de Segurança Pública de Foz do Iguaçu, Cleumar Paulo Farias, “estamos com uma equipe preparada para atuar em grandes eventos e contamos com uma Central de Coordenação e Controle, utilizando tecnologia de ponta, rádios de última geração e mais de 120 câmeras de segurança”.
O coronel de Exército Rômulo Marinho falou sobre as ações que serão desenvolvidas em Foz e região. “Depois das diversas simulações que fizemos na cidade-sede de Curitiba voltamos nossas ações para Foz do Iguaçu, que vai abrigar uma seleção estrangeira da Copa do Mundo”, disse Marinho. “Já estamos realizando trabalhos de varreduras, com equipes de antiterrorismo e antibombas, além de técnicos em QBRN. Toda operação é integrada com as Forças de Segurança e multiagências”, concluiu.
A exemplo dos locais estratégicos em Curitiba, o Exército, com as Forças da Defesa, estará assumindo posições junto a Furnas e setores de energia elétrica, nos municípios de Foz e Ivaiporã.

Mezzadri faz Marcelo Almeida recuar no PMDB-PR


A pré-candidatura ao Senado do ex-deputado Acir Mezzadri, lançada pelo PMDB de Curitiba, já provocou estrago na pretensão de outro postulante, o suplente de deputado federal Marcelo Almeida. Hoje, nos jornais, Almeida tergiversou e disse que só aceita a disputa ao Senado se o PMDB tiver candidatura própria ao Governo do Estado.

A base do PMDB tem outra versão. Mezzadri é coordenador do fórum contra o pedágio no Paraná e Almeida é donos de concessionária que explora os serviços no Paraná. O receio, segundo o PMDB de Curitiba, é que tema tome conta dos debates entre os dois postulantes a vaga ao Senado, e acabe revelando o apoio financeiro das empresas de pedágio a muitos políticos do nosso Estado.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Copa no Brasil: Faltam 30 dias para o fim do mundo


Por Fernando Brito, no blog Tijolaço

A um mês da Copa, o distinto amigo e a querida amiga tomem seus assentos e preparem-se para assistir o maior espetáculo da Terra.
Durante 30 dias, você verá os jornais dedicados a dizer que a Copa do Mundo será um desastre.
Não pense que é porque o Neymar se recupera de uma contusão ou o Fred vive morrendo de medo de outra.
É que a infraestrutura brasileira estará um caos.
Os aeroportos não vão funcionar.
As vias de acesso não estarão prontas.
Os estádios estarão mambembes.
Os velhinhos feito eu vão se lembrar de Hardy Ha-Ha, a hiena que fazia par com um leão do qual não me lembro o nome.
O complexo de vira-latas está à solta na grande mídia.
Como o auxílio luxuoso da imprensa da metrópole colonial, como a der Spiegel, que narra que hoje há um Brasil selvagem – chega a dizer que os jogos terminarão em pancadaria nas ruas, com funcionários da Fifa e políticos sendo perseguidos por multidões na ruas – e, contraste com o Brasil de antes, idílico, onde até os mendigos frequentavam o Maracanã…
Um prato para a classe média que acha que “O Brasil é uma merda, mesmo”, absolutamente convencida de que “o Brasil é uma merda, mesmo”.
Não tem importância que o Brasil tenha, hoje, um volume de intervenções urbanas que jamais se viu, como diria o Lula, que “nunca antes, na história deste país” ocorreu.
Não tem importância que, desde os tempos do “milagre econômico” – na ditadura, quando morrer operário, remover pobre e devastar meio-ambiente não eram problemas para a “imprensa livre” – a malha de transportes das cidades brasileiras não sofra tanta transformação.
Nem que elas tenham sido feitas dentro de um espírito federativo que delegou a Estados e Prefeituras a execução direta das obras.
O importante é pintar um cenário de caos.
A empreiteiras adoram a mídia brasileira: quanto mais pressão, mais dinheiro.
Só que, daqui a 30 dias, quando a Copa começar, tudo vai funcionar.
Com um improviso aqui, outro ali, mas com todo o essencial funcionando.
Outras, que dizem respeito mais ao tal “legado” que à realização dos jogos, sendo concluídas.
Mas é preciso criar um clima para garantir o que “está difícil”, a tal multidão enfurecida.
Ou, então, torcer para que, por culpa do Governo Dilma, a contusão do pé esquerdo de Neymar não fique boa, ou alguém acerte um tostão na coxa de Fred no próximo jogo do Brasileirão.
Sai prá lá… urucubaca...

terça-feira, 13 de maio de 2014

Arena: Promotoria de Justiça recomenda separação entre torcidas no jogo teste para a Copa


A 1ª Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Curitiba encaminhou ao Clube Atlético Paranaense recomendação administrativa para que o clube proporcione a devida segurança aos torcedores e que separe as torcidas adversárias durante o jogo amistoso para a Copa 2014, que será realizado na próxima quarta-feira (14), entre Atlético e Corinthians.
Na recomendação, a promotora de Justiça Fernanda da Silva Soares lembra que há preocupação efetiva quanto à segurança neste amistoso, inclusive em função do episódio de violência entre torcidas registrado no jogo disputado na Arena Joinville, em dezembro do ano passado, entre Atlético Paranaense e Vasco da Gama. No jogo, que tinha o Atlético como detentor de mando e responsável pelos procedimentos de segurança, houve troca de socos e pontapés entre grupos de torcedores rivais.
A Promotoria também lembra que o jogo teste para a Copa realizado em Porto Alegre, em 10 de maio, no Estádio Beira Rio, também teve separação de torcidas, na partida entre Atlético Paranaense e Internacional.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Planos Operacionais da Copa estão definidos


Um encontro reunindo mais de 200 profissionais e técnicos, que estão operando no Projeto Copa do Mundo 2014 na sede de Curitiba, no Paraná, definiu uma série de ações centradas em diversas áreas como segurança, mobilidade, aeroporto, turismo, saúde, comunicação, cultura e meio ambiente.

A reunião, realizada nesta quarta-feira (7) no Salão de Atos do Parque Barigui, foi coordenada pelo secretário-executivo do ministério do Esporte, Luis Fernandes, que representou o ministro Aldo Rebelo. O evento contou com a participação dos secretários da Copa Mario Celso Cunha (estado) e Reginaldo Cordeiro (município), além do general Jamil Megid Junior, do ministério da Defesa; do general Fernando Marques de Freitas, da AD/5; do delegado da Polícia Federal e presidente da Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos (Coesge/PR), Flúvio Cardinelle; do superintendente da Infraero Antônio Pallu, e do gerente-geral de Estádios do Comitê Organizador Local (COL/FIFA), Roberto Siviero, dentre outras autoridades.

As equipes foram distribuídas em Câmaras Temáticas, atualizando planilhas, destacando prioridades, definindo prazos e identificando os desafios. Durante o encontro foi informado que dos 3 milhões de ingressos para a Copa do Mundo no Brasil já foram vendidos 2,6 milhões. Em Curitiba todos os ingressos dos 4 jogos já estão esgotados, com 52% das vendas para Curitiba e Região Metropolitana, 30% para o exterior e 18% para outros estados brasileiros. A cada jogo, cada delegação que joga em Curitiba terá reservado para sua torcida até 8% dos ingressos, ou seja, até 16% da capacidade do Estádio, ou 6.475 assentos.


Segurança
Segundo o coronel da aeronáutica Marcelo Rosa Costa, do CDA Curitiba, nos próximos 10 dias será entregue e estará funcionando o CICCR (Centro Integrado de Comando e Controle Regional) e todas as viaturas do CICCM (Centro Integrado de Comando e Controle Móvel) já estão testadas e operando. Haverá ainda salas de coordenação em todos os Centros de Treinamento, e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) está preparando um novo volume de análises de riscos. Será também definido até o próximo dia 15 de maio a equipe de stewards, e fixada uma reunião no próximo dia 20 de maio em Foz do Iguaçu, com integração das forças de Segurança Pública e Defesa.

Energia
Com a presença do representante do ministério de Minas e Energia Renato Dalla Lana, juntamente com o engenheiro da Copel Milton Marcolan, foi informado que o Plano Operacional já está concluído, com segurança máxima na sede de Curitiba, sem riscos, e uma equipe permanente de plantão. A Copel já teve aprovação pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) do Plano Operacional, que terá dupla alimentação ao estádio, com geradores e nobreaks garantindo risco zero de queda de energia. Foi discutido sobre o credenciamento dos veículos da Copel, que terá também uma posição dentro do CICCR. Também foi debatido sobre o apoio em locais como estádio, fan fest, broadcast, praça Afonso Botelho, CICCR, Aeroporto Afonso Pena e pontos turísticos.

Telecomunicações
O evento contou com a presença da representante do ministério das Comunicações, Ana Carolina Cirotto, que informou que está definido e testado o sistema 4G para a sede de Curitiba, e que a rede de telefonia está preparada para atender a demanda. Estão sendo feitos estudos para viabilizar uma rede wi-fi temporária, lembrando, porém, que o sistema não é exigido pela Fifa e está instalado por consórcio em apenas 6 sedes da Copa no Brasil.

Saúde
Na área da saúde o evento contou com a presença da médica do Samu Fernanda Pohl e do médico diretor de Políticas de Urgência e Emergência da secretaria estadual da Saúde, Vinícius Filipak, que falaram sobre a definição das plantas da fan fest para a Vigilância Sanitária, que fará um controle rigoroso no setor de alimentação, sobre a definição do Hospital do Trabalhador como referência para atendimento de vítimas de QBRN, Hospital Evangélico como referência em queimaduras, e os hospitais Marcelino Champagnat e Vita Batel para atenderem equipe Fifa. Também foi discutido sobre gestão de resíduos, envolvendo meio ambiente e saúde, e definição do dia 13 de maio para a realização de um simulado no Quartel do Exército, no bairro Pinheirinho, e no dia 23 de maio no Aeroporto Internacional Afonso Pena.

Comunicação
Com a presença do coordenador de Imprensa da secretaria estadual da Comunicação Social, Silvio Lohmann, e do representante da secretaria municipal da Comunicação Social, Gladimir Nascimento, que falou sobre a definição do Centro Aberto de Mídia, que será no memorial de Curitiba, também a respeito de transporte dos jornalistas internacionais do aeroporto para os hotéis, sobre a criação do guia de orientação ao turista, que já está em fase de finalização e também do credenciamento da Fifa.

Meio Ambiente
Com a participação dos representantes Ariel Pares, do ministério do Meio Ambiente, e Cláudio Langone, do ministério do Esporte e coordenador nacional da Câmara de Sustentabilidade, que abordou questões sobre o Plano Geral de Limpeza e Coleta de Lixo, projeto dos catadores de papel, reforço de coletores no local do Mag and Bag, apoio operacional na fan fest, criação do quiosque para o projeto Brasil Orgânico e Sustentável, certificação do ministério do Meio Ambiente já protocolada, Curitiba com nível de mitigação maior das 12 sedes, coletores na Arena da Baixada e criação do Passaporte Verde.

Cultura
A reunião contou com a presença do diretor de Comunicação da Fundação Cultural de Curitiba, Diogo Dreyer, e também da representante do ministério da Cultura, Renata Felippe, que falou sobre a programação da fan fest com 4 artistas nacionais (Dudu Nobre, Erasmo Carlos, Jota Quest e Raça Negra) e 70 artistas locais, estudos sobre a criação de quatro public-view nos bairros CIC, Tatuquara, Pinheirinho e Sítio Cercado, eventos culturais na cidade e criação do Flash Mob (performance artística instantânea) coordenada pelos produtores musicais Carlinhos de Jesus e o professor Octávio Nassur, além de exposições e eventos sobre as seleções que irão jogar em Curitiba.

Voluntários
Sobre a área dos voluntários falou a representante da secopa municipal Aline Pinto, com informações sobre a entrega dos uniformes, cursos de qualificação, testes na Arena e Pedreira Paulo Leminski, termo de cooperação com o ministério do Turismo, vacinação para os voluntários e estrangeiros.

Aeroportos
Foi debatido assuntos como operação especial para receber as delegações, ampliação e revitalização de várias áreas de apoio, operação de meio-fio para receber vans e ônibus fretados, convênio entre as prefeituras de Curitiba e São José dos Pinhais para operação de vans e táxis no Aeroporto Afonso Pena e Rodoferroviária, também debatido sobre as linhas de transporte coletivo do aeroporto até o estádio da Arena da Baixada, e ampliação da linha executiva do Aeroporto.

Transporte
Com apresentação feita pela engenheira do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Susana Lins Costa, trouxe informações sobre a frota atual de táxis em Curitiba, com 2.252 veículos, e previsão de mais 750 até a Copa. 23 pontos de táxi num raio de 1.500m do estádio. Operação com 2 bolsões num total de 450 vagas, além de nova sinalização. 158 ônibus credenciados para estacionamento na rua. Park & Ride: 687 veículos, 60 vans e 250 PcD. Estacionamento Estádio: 314 veículos. O credenciamento para acesso de moradores e usuários (segurança) e veículos (mobilidade) está em andamento. Proibição de estacionamento no interior do Perímetro de Restrição Veicular em dias de jogos.

Participaram da reunião órgãos como: coordenação estadual da Copa, secretaria municipal da Copa, Comec, Fifa, Abin, Guarda Municipal, CDA Curitiba, SEEC, SMMA, Divisão de Transportes de São José dos Pinhais, IMT, SECS, SMCS, Ippuc, Copel, ANTT, CAP-PR, Coesge, Sesge/MJ, FCC, CGEE, SMOP, Defesa Civil de Curitiba, SMS, Exército, Infraero, PMPR, Paraná Turismo, SESA, Serra Verde Express, Urbs, SindiTáxi, Anatel, dentre outros órgãos.

Fotos: Fernanda Castro / ANPr.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Meninas sequestradas na Nigéria sofrem até 15 estupros por dia


Menina que conseguiu escapar deu informações sobre o sofrimento no cativeiro. Mais de 200 garotas ainda estão em posse dos sequestradores

Uma das meninas sequestradas na Nigéria no último dia 14 de abril, supostamente pelo grupo islâmico Boko Haram, conseguiu escapar e denunciou que as reféns são vítimas de até 15 estupros por dia, segundo o portal local The Trent.
A menor declarou ao jornal que, por ser virgem, foi entregue como esposa ao líder da seita e que as meninas são forçadas a fazer sexo e se converter ao Islã. Caso não aceitem, podem ser degoladas.
Após serem sequestradas em uma escola de Chibok, no nordeste da Nigéria, as crianças (dezenas das quais seguem em cativeiro) foram levadas a um campo da milícia fundamentalista na floresta de Sambisa, no estado de Borno, no norte do país e base espiritual e de operações do grupo.
As mais de 200 garotas, segundo organizações de direitos humanos, foram forçadas a se casar com seus sequestradores e, em alguns casos, vendidas a menos de R$ 30.

#BringBackOurGirls

Entidades como a ONU e personalidades como o prêmio Nobel de Literatura nigeriano Wole Soyinka pediram a libertação das meninas, assim como campanhas pela internet, usando a hasthag #BringBackOurGirls (tragam de volta nossas garotas), e manifestações em cidades de todo o mundo.
Um grupo de mães das reféns protestou recentemente em frente à Assembleia Nacional da Nigéria para denunciar a falta de informação por parte do governo sobre o caso e exigir mais esforços para o resgate.
No último fim de semana, o presidente da Nigéria, Goodluck Jonathan, reuniu-se com sua equipe de segurança, representantes da escola atacada e outras autoridades do governo e emitiu uma nova diretiva para que “tudo seja feito” para libertar as meninas.
O conselheiro de Jonathan, Reuben Abati, disse a jornalistas que o encontro se estendeu pela madrugada de domingo e, pela primeira vez, reuniu todas os atores que precisam ser envolvidos. Representantes do Estado de Borno e da cidade de Chibok, além da diretora da escola onde as vítimas foram sequestradas, estiveram presentes.
O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, que esteve em viagem pela África na última semana, disse que seu país “fará todo o possível para ajudar o governo nigeriano a levar essas meninas para casa e os perpetradores do sequestro à justiça. Isso é nossa responsabilidade e responsabilidade do mundo”.
Segundo uma autoridade que viajava com Kerry, o secretário de Estado referia-se a apoio na segurança, nas comunicações e na inteligência para a Nigéria, não querendo dizer que os EUA se envolveriam diretamente na busca pelas garotas.

O sequestro

O pior pesadelo dos pais 276 meninas se tornou realidade na Nigéria: elas foram para a escola e não voltaram para casa. As estudantes foram sequestradas em uma escola de Chibok, no nordeste da Nigéria, pelo grupo radical islamita Boko Haram, em meados de abril.
Até o momento, 53 meninas conseguiram fugir e 223 continuam em cativeiro.
Na segunda-feira (5) foi divulgado um vídeo no qual o líder do grupo, Abubakar Shekau, reivindicou o sequestro e prometeu tratar as jovens como “escravas”, “vendê-las” e “casá-las” à força, como punição pela “educação ocidental”, que estavam recebendo.

Pragmatismo Político com Opera Mundi

Gleisi recebeu R$ 2,4 mi das empresas denunciadas na Operação Lava-Jato da Polícia Federal


A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) é a principal beneficiada nas doações das empresas, fornecedoras da Petrobras, investigadas na Operação Lava-Jato da Polícia Federal. Para sua campanha em 2010, a petista recebeu R$ 2,4 milhões - o maior montante entre 121 parlamentares que receberam doações de 18 empresas sob suspeitas de participarem de esquema de desvio e lavagem de R$ 10 bilhões operados pelo doleiro Alberto Youssef. A revelação é da revista Veja.

Gleisi aparece na lista dos 25 senadores e 96 deputados no levantamento feito pela Veja nos registros do Tribunal Superior Eleitoral. As empresas são investigadas por terem comprovadamente depositado recursos na MO Consultoria - empresa de fachada de Youssef - ou são suspeitas de colaborar para o esquema de coleta de recursos tocado pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. O grupo de congressistas recebeu, ao todo R$ 29,7 milhões de um conjunto de 18 grupos empresariais sob suspeita.

Gleisi é principal beneficiada nas doações - recebeu R$ 2,42 milhões, equivalente a 8,14% das doações levantadas entre os fornecedores da Petrobras. Na sequência, em segundo lugar, vem o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) com R$ 2,3 milhões. Há outros três paranaenses na lista: Nelson Meurer (PP), recebeu R$ 500 mil; Zeca Dirceu (PT), R$ 150 mil em doações; e Fernando Francischini (SDD), recebeu R$ 10 mil. O novo vice-presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia (PT), e o ex-presidente da Casa Marco Maia (PT) também integram a lista. Pela oposição, destacam-se nomes como Rodrigo Maia (DEM), Antonio Imbassahy (PSDB) e Roberto Freire (PPS).

Suspeita de ter liberado mais de R$ 7,9 milhões em propinas a Costa e Youssef, a Camargo Corrêa financiou 31 deputados federais e oito senadores. No Senado, foram beneficiados o líder do PT, Humberto Costa, Lindbergh e Gleisi. Cada um recebeu R$ 1 milhão. Gleisi e Lindbergh são os que têm mais vínculos financeiros com investigados na operação Lava-Jato. Cada um recebeu de cinco fornecedores envolvidos na operação. Só da OAS, que depositou R$ 1,6 milhão em contas da empresa de fachada comandada por Youssef, Gleisi recebeu R$ 1 milhão e Lindbergh, R$ 200 mil. A OAS financiou, 24 deputados federais e sete senadores. É o segundo grupo em quantidade de parlamentares financiados.

O levantamento da Veja mostra que os grupos empresariais ambicionavam estabelecer relações com um espectro amplo de partidos e políticos. Na composição atual do Congresso, um em cada cinco deputados e um em cada três senadores eleitos receberam alguma doação oficialmente das empresas ligadas de alguma forma ao doleiro ou ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras.

A Veja aponta ainda que os fornecedores da Petrobras agora investigados doaram, oficialmente, R$ 856 milhões a partidos e candidatos entre 2006 e 2012. Entre os parlamentares em atuação no Congresso, o PT desponta com R$ 12,6 milhões recebidos, seguido por PP (R$ 4,4 milhões) e PMDB (R$ 3 milhões). Parlamentares da oposição, como DEM e PSDB, também foram beneficiados com R$ 2,9 milhões e R$ 2,3 milhões, respectivamente.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Richa cria Divisão de Homicídios na Polícia Civil do PR


Daqui a pouco, o delegado-geral da Polícia Civil, Riad Farhat, anuncia para a imprensa a instalação oficial da Divisão de Homicídios de Curitiba. A divisão já está operando há dois meses e por determinação do governador Beto Rica (PSDB), passa a funcionar de forma oficial na estrutura da Secretaria de Segurança e fica responsável por investigar todos os assassinatos ocorridos na capital.

A divisão terá estrutura maior: quatro delegacias especializadas, aumento do número de delegados (dos seis atuais para 12), peritos e investigadores em tempo integral à solução de homicídios. Desde o ano passado, o projeto de criação da Divisão, redigido pela atual delegada Maritza Haisi, foi aprovado pela Secretaria de Segurança e esperava a autorização de Richa.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Tour da Copa do Mundo fez sucesso em Curitiba


Depois de passar por 89 países, durante 225 dias, o Tour da Copa do Mundo chegou à Curitiba e milhares de pessoas estiveram presentes no Centro Cultural do ParkShopping Barigui, onde passaram por um dia de alegria, brincadeiras, jogos e exposição.

Neste sábado, dia 03 de maio, a Taça ficou exposta das 09 às 21 horas, contando com a presença do capitão do Tri, Carlos Alberto Torres e dos ídolos paranaenses Nilson Borges, do Atlético Paranaense, e Krueger, do Coritiba.

Numa promoção da Coca-Cola, o tour teve inicio no Rio de Janeiro, passando por Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador e Cuiabá antes de chegar a Curitiba. Daqui ela seguiu para Florianópolis (04), Campo Grande (06), Goiânia (07), Vitória (08), Aracaju (09) e Maceió (10), seguindo para outras cidades, chegando a 41 dias. O tour da Taça termina no dia 29 de maio em São Paulo,no Shopping Itaquera,onde ficará exposta até o dia 1º de junho.

Segundo o coordenador geral da Copa do Mundo da FIFA 2014 no Paraná, Mario Celso Cunha, “A exposição da Copa é um efeito motivador impressionante. Em cada olhar um gesto de alegria de estar muito perto daquele troféu que será entregue a melhor seleção da Copa de 2014”,disse Cunha.

Também esteve presente ao evento o secretario de Segurança Pública, Leon Grupenmacher, que destacou “Como todo bom brasileiro também sou apaixonado por futebol e este momento é muito importante, afinal é a Taça apresentada pelo capitão Carlos Alberto Torres, tri-campeão mundial de futebol”, afirmou Leon.