segunda-feira, 9 de março de 2015

Juiz Sérgio Moro intima ministro Jaques Wagner


O juiz Sérgio Moro autorizou o depoimento de seis políticos - entre eles, o ministro de Defesa, Jaques Wagner (PT) - indicados pela defesa do presidente da UTC, Ricardo Pessoa, na ação que corre na Justiça Federal de Curitiba.

Além de Wagner, foram arrolados os deputados federais Jorge Tadeu Mudalen (DEM), Arlindo Chinaglia (PT), Paulinho da Força (SD) e Jutahy Magalhães Júnior (PSDB); e o secretário de Agricultura de São Paulo, Arnaldo Jardim. Apesar autorizar os depoimentos, Moro criticou a intimação das autoridades. “A oitiva (...) é sempre demorada e difícil (...). Além disso, tais agentes públicos servem à comunidade e não se afigura correto dispender o seu tempo, além do desse juízo, ouvindo-os sem que haja real necessidade”, diz um trecho do seu despacho.

Nos últimos dias de governo, enquanto governador da Bahia, Jaques Wagner aprovou lei garantindo mordomias para os ex-governadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário