terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Polícia sabia de cassino no Parolin desde novembro


Deu hoje na Gazetado do Povo: “A polícia sabia que a mansão do bairro Parolin, em Curitiba, funcionava como um cassino clandestino. Em 25 de novembro de 2011, o programa do governo Narcodenúncia havia recebido uma informação anônima detalhando não só contravenções como a exploração de jogos de azar, mas também crimes graves, como prostituição e tráfico de drogas. A casa de luxo foi “estourada” na quinta-feira à noite por policiais civis que agiram “por conta própria”, sem comunicar aos superiores, acentuando uma crise na instituição.”
Será que legalizaram a prostituição de menores, tráfico de drogas e jogos caça-níqueis no Paraná e não avisaram a população? Ou será que tem autoridade envolvida e a polícia não pode atuar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário