quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Jaime Lerner tem dinheiro bloqueado pela Justiça

O ex- governador do Paraná Jaime Lerner teve dinheiro bloqueado de contas e ativos financeiros. O valor é referente ao pagamento de honorários advocatícios de um processo de 2001, envolvendo como réus a Copel, Lerner, funcionários da Copel, o Estado do Paraná, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e a Companhia de Interconexão Energética (Cien). A ação proposta em 2001 foi deferida nesta última sexta-feira, pelo juiz federal Dineu de Paula, da 6ª Vara Federal Cível de Curitiba. A justiça entendeu que o contrato com a empresa argentina – Cien possuía cláusulas desvantajosas à Copel.
Enquanto o ex-governador responsável pelo maior rombo das contas públicas do Paraná – a liquidação do Banestado – tenta posar de bonzinho na mídia domesticada, o candidato Gustavo Fruet (PDT) indicou como coordenador-geral de sua campanha o braço direito de Lerner, o sionista Gerson Guelmann, e jantou com Lerner e Saul Raiz.
Fruet pode ter sérios problemas com essas estratégias: a esquerda não engole a aliança com Lerner, assim como a direita não engole a aliança com o PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário