quarta-feira, 7 de novembro de 2012

A imprensa, o Atlético e a Copa



O tal do Airton Cordeiro publicou um manifesto na Gazeta do Povo afirmando que existe “um informativo que saiu dos intestinos do Atlético”, e ainda acusou o ilustre informativo de apócrifo.
O Informativo da Mobilização Atleticana já está na segunda edição, e fazendo sucesso.

O que dizer de uma imprensa que não tem o compromisso com a ética profissional, uma imprensa que não trabalha para defender a verdade dos fatos e não informa os benefícios para a sociedade? A Copa do Mundo contemplará diversos benefícios para o povo brasileiro, no Paraná, a Copa do Mundo só virá graças a existência de um estádio chamado Joaquim Américo, todos sabem, graças a gestão profissional do Clube Atlético Paranaense, que concentrou esforços para realizar a primeira grande obra de um estádio de futebol no Brasil, a Arena da Baixada, sementes plantadas há mais de 10 anos, e que agora o povo paranaense e o povo Curitibano irá colher os frutos de uma forma mais abrangente, por isso é de fundamental importância a parceria entre os governos municipal, estadual e federal com a iniciativa privada. A Copa é para o país, é para a sociedade e não para um clube apenas, e sim, para um enumerado de melhorias coletivas urbanas, mas vale ressaltar uma coisa: para esta imprensa antiética que gosta de perseguir o Clube Atlético Paranaense, o estádio do Atlético Paranaense por ser o estádio mais completo e por ter sido concluído com dinheiro próprio do clube, através da sua gestão profissional, revelando jogadores para o Mundo e com apoio da torcida, com estes recursos financeiros, o Atlético deu passos na frente dos principais clubes do Brasil e com isso a Arena da Baixada é o estádio que menos vai receber recursos públicos para concluir a meta visando a Copa do Mundo de 2014 porque menos precisa também, os demais estádios do país que estão se adequando para a Copa do Mundo, todos irão receber muito mais recursos públicos pois estão muito mais atrasados do que o Atlético dos Paranaenses.
E os benefícios, o setor turístico gera renda para o país, gera empregos, o lazer é um direito constitucional, o futebol é uma arte e uma paixão do povo brasileiro, o Brasil é o país do futebol, Curitiba será uma das cidades sede da Copa graças a organização dos Atleticanos e a estrutura montada e construída nos últimos anos que consolida o rubro-negro neste patamar. Os vizinhos verdes e os tricolores não adiantam querer torcer contra, é melhor entrar na onda e abraçar o movimento Copa 2014, porque os jogos serão no estádio mais moderno do Brasil. Os benefícios são muitos para o povo apaixonado por futebol.
Esta imprensa provocativa que persegue o Atlético, que não reconhece a estrutura de um clube de primeira, a gestão profissional, o empenho de dirigentes visionários que fizeram história no futebol brasileiro, a tradição rubro-negra, os inúmeros títulos que o Furacão tem em sua história, a paixão do torcedor que já mobilizou milhares nas ruas e lotou ônibus como exemplo em 1997 quando a CBF, sediada nos interesses cariocas obscuros deste país, ameaçou prejudicar intensamente a vida do Furacão, esta torcida que acompanha o Atlético aonde ele vai, seja em Curitiba, em qualquer estádio da nação, seja na primeira ou na segunda divisão, nunca deixará o Furacão na mão.
O jornalismo é para ser exercido com responsabilidade, pois quando se transmite uma informação é preciso reconhecer que outras pessoas irão receber, e quando um jornalista é identificado como um suposto PICARETA por uma torcida atuante como a torcida Atleticana, o suposto picareta poderia se olhar no espelho antes de manifestar uma nota no Jornal Gazeta do Povo, aliás, este jornal faz tempo que anda sem credibilidade, a mídia monopolista vampira não agrega valor, corrompe consciências, é necessária uma grande campanha por parte dos cidadãos esclarecidos em favor de um forte boicote nestas instituições midiáticas que atuam contra o povo, o torcedor só quer respeito. E o leitor quer mudanças nestas editorias falidas.
O Atlético na condição de clube de futebol está cumprindo seu papel, que é oferecer seu espaço e sua estrutura qualificando-a para dar condições para que a capital paranaense possa ser contemplada neste evento Mundial. Curitiba será beneficiada, diversas capitais ficaram de fora por não ter estádio no nível da Arena da Baixada, graças a estrutura rubro-negra, o povo curitibano verá a Copa ao vivo, e quando falamos do povo curitibano, falamos não apenas da torcida atleticana, por isso conclamamos a uma união de todos torcedores.
E o torcedor atleticano sabe, Kleberson foi motivo de orgulho na Copa de 2002 quando o Brasil foi Penta Campeão do Mundo. Com certeza participar da Copa do Mundo com o estádio mais moderno será uma grande realização para nossa apaixonada torcida e pelo visto, tem muito verde incomodado com o sucesso Atleticano. O pior é identificar verdes declarados na medíocre imprensa Curitibana.
Airton Cordeiro: “Intestino é a rede midiática que você pertence, e dentro dela está você”, saudações Rubro-Negras! A COPA DE 2014 será em Curitiba, no estádio Joaquim Américo, na Arena da Baixada, no Caldeirão rubro-negro... Como você quiser chamar... no estádio mais moderno do Brasil! Eliminem a inveja dentro de vocês e respeitem os fatos: a Copa é um investimento que trará ganho para o país. Curitiba não pode ficar fora.

Atleticano Forte
Fonte: www.redefuracao.net
#calabocaAirtonCordeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário